Novo on-air look do Jornal Nacional

, Design Gráfico

Ao falar de “on-air look” nos referimos a criação de um conjunto de conceitos e peças gráficas que empacotam e dão identidade visual para um canal de televisão. No entanto, além desse pacote que inclui vinhetas, logo, peças de retenção, peças de posicionamento e padrão de assinatura de chamadas, existe também “sub-pacotes” gráficos, que são utilizados internamente em cada programa de um canal de televisão.

Não existe um termo específico para este pacote gráfico, mas ele, assim como o on-air look, envolve etapas de conceituação e produção.

Segundo o blog Televisual: “Entre os profissionais relacionados a essa indústria, o design televisual é usualmente conhecido como “broadcast design”. É possível encontrar ainda outras variações ou expressões similares, tais como “broadcasting design”“TV design” ou “on-air look”.”

Neste post o nosso objetivo é falar dos novos recursos gráficos implementados no jornal televisivo de maior audiência do país, fazendo um comparativo entre os elementos gráficos da versão anterior com a nova versão.
 

 

Novo estúdio do Jornal Nacional

No último dia 19 de junho, o Jornal Nacional foi transmitido do novo estúdio do telejornal, que fica no coração do recém-inaugurado prédio da Redação de Jornalismo da Globo no Rio de Janeiro. O cenário foi montado dentro de um espaço totalmente novo, que reúne jornalistas de TV e da internet. A redação é composta pelas equipes da Editoria Rio, G1 Rio, Bom Dia Brasil, além do Jornal Nacional, e foi projetada para tornar mais eficiente o fluxo de informação e dar agilidade à produção para diversas plataformas.

 

 

Redesign do logo do JN

As mudanças gráficas são sutis, porém muito relevantes para dar um novo ar ao telejornal. O logo do JN passou a ter um gradiente mais vibrante e com um azul mais claro, e o contorno vermelho for mantido, porém mais saturado. E agora – ainda bem – o logo aparece centralizado em relação a tela.
 

 

Mudanças na previsão do tempo

Finalmente a previsão do tempo tem uma tela inteira (sem divisões) e maior, para trazer mais informações de uma única vez. Anteriormente as informações vinham de 3 em 3 cidades. Agora cabem 4 na tela, o que é uma grande evolução já que ao todo são 26 capitais no país.

Além disso aqui também vemos um pouco da nova tipografia usada, que aparece no dia de semana e nas temperaturas. Mais a frente iremos tratar um pouco mais dela.
 



 

Alteração no GC para repórteres e entrevistados

O conhecido Gerador de Caracteres também foi atualizado. Agora o logo do jornal entra por baixo, desliza e revela as informações de nome, local do repórter ou profissão do entrevistado. Com a difusão da televisão digital, que tem muito mais resolução de imagem, a Globo optou por diminuir ainda mais o tamanho do GC em relação à tela.
 



 

Nova tipografia nas artes

“Artes” é um termo televisivo que se refere as ilustrações visuais computadorizadas, utilizadas para facilitar a compreensão do telespectador. Costuma-se usar em matérias que têm gráficos, tabelas e/ou números.

Com o novo visual do jornal, a Globo alterou a tipografia principal usada nas artes. Ela é mais arredondada e suave. Vale ressaltar que agora os textos são principalmente apresentados em caixa baixa ao invés de caixa alta, como era mais frequente anteriormente.

No entanto em alguns momentos ainda aparecem outras tipografias em conjunto com a nova, principalmente a queridinha da emissora “VAG Rounded“. Não sabemos se existe algum motivo para isso, mas apesar de semelhantes essa mistura é relativamente desnecessária.
 








 
Como um todo, o JN ganhou um novo visual nas artes. Seja nas artes inseridas sobre as imagens durante as matérias, seja no novo estúdio de vidro, podemos ver mudanças que, de forma geral, mantém o mesmo estilo gráfico apresentado anteriormente.
 



 
E você, o que achou do novo visual gráfico do Jornal Nacional? Conta para gente!
 

Comente pelo Facebook