8 dicas para ser um excelente freelancer

, Ferramentas

O número de profissionais que optam por seguir uma carreira freelancer na área criativa é cada vez maior. Seja como designer gráfico, webdesigner, motion designer, há autônomos em quase todos os segmentos de atuação, atendendo a diversos clientes ou empresas. E para aproveitar melhor as vantagens de ser freelancer é preciso equilíbrio.

A sensação de liberdade é uma realidade, porém é necessário se empenhar para encontrar novos trabalhos e lidar com o próprio dinheiro. Além de, também, estabelecer uma rotina produtiva. Hoje, ao escrever este artigo, completo 1 ano trabalhando como designer gráfico freelancer. Ainda tenho muito a aprender, mas decidi compartilhar aqui algumas dicas que acredito que poderão te ajudar caso você esteja pensando em seguir esse modo de trabalho ou tenha acabado de entrar no “barco” da carreira freelancer.

 

Imagem: Freelancer in front of his working space | Shutterstock

 

1. Arrisque

Muitas vezes o profissional freelancer se sente na corda bamba. Por vezes, ao trabalhar sozinho, é comum acreditar que certos desafios podem ser maior do que sua capacidade, afinal, não se conta com uma equipe para tratar das diversas facetas de um novo projeto. Porém, fazer coisas que você considera “assustadoras” pode trazer um retorno enorme. Se jogar no mundo pode ser difícil, mas se não há riscos, não há retornos.

2. Faça seu nome

No início pode parecer que é uma estrada longa demais para você trilhar. Mas comece criando seu próprio site. O Adobe Portfolio é uma boa ferramenta para quem não manja de programação e quer criar algo personalizado, responsivo e rápido. A melhor ferramenta de autopromoção de um designer é um site que mostre seus projetos, suas habilidades, personalidade e visão. Vale o esforço.

3. Melhore seu portfólio

Não coloque conteúdo antigo em seu portfólio. Há exceções de projetos antigos que ainda merecem destaque, mas no geral é melhor atualizá-lo periodicamente e não ter medo de excluir aquilo que já não deveria estar ali há tempos.

 

Imagem: Man lying with laptop drinking coffee | Shutterstock

 

4. Escreva em um blog

Algumas atividades são mais úteis para a autopromoção do que para a qualificação. Diversos blog de design, publicidade e marketing estão sempre em busca de novos colunistas (como a gente aqui no 100% Design). Desenvolva a habilidade de escrever com consistência e paixão sobre os temas com os quais se importa profundamente. Você ficará maravilhado com as oportunidades que chegarão para crescer profissionalmente como freelancer.

5. Seja mais sociável

Um site pessoal incrível é apenas uma parte do seu marketing online. Invista em encontros regulares na área que são uma boa alternativa para fazer networking e trocar cartões em eventos. Você fará amigos no mercado e assim aumenta as suas chances de que trabalhos cheguem até você através desses contatos. Trabalhe seu marketing pessoal como se você nunca tivesse um site.

 

Imagem: Young graphic designer woman using digital tablet | Shutterstock

 

6. Crie uma marca

Crie uma marca pessoal em tudo o que você faz. É importante perceber que você está refletido em tudo o que cria. Seu logo, fotos, textos, conteúdo e atitude são como você deseja ser visto como pessoa. Seja simpático, com cuidado para não ultrapassar limites. Tudo que você faz online é um grande currículo.

7. Aprenda a lidar com clientes

Não adianta arrancar os cabelos e socar a parede. O cliente é a sua fonte de renda então é preciso muito auto-controle e gestão de crises. É preciso ser rigoroso na hora de tratar de preços, prazos e evitar deixá-los tirar vantagem de você. Porém também é importante ser flexível ao lidar com alterações e reclamações. Lembre-se que nem sempre o cliente tem razão, mas você também não é o dono dela. Ao ter uma atitude profissional, você conquista o cliente e aumenta a sua rede de contatos, e potencial de crescimento como freelancer.

 

Imagem: Creative designer | Shutterstock

 

8. Crie um bom espaço de trabalho

O local que você senta diariamente para trabalhar precisa ser agradável para você. Muitas vezes queremos deixar nossa marca em todos os cantinhos do espaço de trabalho, mas preocupe-se em integrar tudo na sua mesa, sem exagerar na decoração. Evite acreditar que um espaço bagunçado é mais criativo, pois normalmente não é. Como freelancer você precisa ser produtivo além de criativo. Então crie um espaço onde haja foco e que contribua para a criação de uma rotina.

 

Essas são algumas das muitas dicas que acredito que são verdadeiramente úteis para uma carreira freelancer de sucesso. Se você tem algo a acrescentar ou quer compartilhar com a gente, comente abaixo. Até a próxima!

Comente pelo Facebook