5 Passos para Criar um Logo Confiável

, Branding

Logos de sucesso tem o poder de ajudar – e muito – a empresa a alcançar metas. “Mas como você sabe disso?”. O aluno da Universidade de Southern Cross nos Estados Unidos provou em sua tese que logos com design baseado em credibilidade e confiabilidade são de 2 a 4 vezes mais efetivos e eficientes comparados com os demais logos. E por “mais efetivo e eficiente” ele quis dizer mais cliques de ação (CTA) em site, o que é traduzido em várias ações, mas principalmente, no momento da compra.

O livro “The Power of Logos: How to Create Effective Company Logos” (O Poder dos Logos: Como criar logos eficientes para empresas – em tradução livre) também confirma esse estudo, dizendo que uma empresa de sucesso só é considerada competente e de confiança em seu negócio quando usa seu logotipo para comunicar essas características. E isso acontece, segundo o livro, porque os consumidores analisam os logos assim como julgam as pessoas na rua. E aqui estão as dicas do que você pode fazer para conquistar confiança na comunicação visual e logo da sua empresa.

5-passos-logo-1

Passo 1 – Planejar é 90% do processo

O primeiro passo antes de qualquer coisa é pensar sobre o seu negócio/empresa e entender, traduzir e resumir os objetivos, qualidades e expertise da sua marca. Comece escrevendo tudo o que vem a sua cabeça sobre o que é o sua empresa, produto ou serviço e tente finalizar colocando tudo em uma frase curta. Esse não precisa ser seu slogan (até pode, claro!) mas a ideia aqui é você ter uma frase que alinhe todo o seu trabalho de comunicação visual. Que defina o que você quer expressar às pessoas através do seu logo. Não esqueça: Você não deve olhar só para o seu umbigo, mas para os consumidores, as necessidades e expectativas deles também. Para isso, é interessante você saber qual é o seu público-alvo (sexo e idade), o que faz você se destacar dos seus concorrentes, e qual é a personalidade da sua marca. Sim, personalidade. Tente imaginar a sua empresa como uma pessoa e defina características baseado, digamos assim, no seu CV (público alvo, produtos ou serviços oferecidos, diferencial e expertise). Logos são feitos de significado e storytelling, seja ele escrito, abstrato, em forma de imagem ou uma mistura de ambos, por isso é tão importante você ter as suas características bem definida.

5-passos-logo-2

Passo 2 – O nome da empresa

Quando você finalizar o planejamento e souber exatamente quem você é como empresa, você estará apto a começar um brainstorm para criar e definir o nome da empresa. Se você já tem um nome, cheque se ele continua combinando com sua marca depois dessa análise e planejamento. Uma opção aqui é fazer pesquisa de campo com funcionários da empresa e até com possíveis consumidores na rua ou internet para ver o que funciona melhor. Escolha os 2 melhores nomes e descubra qual realmente capta o público. Dica: Você está no caminho certo se todos os detalhes da personalidade e planejamento combinados nesse rascunho contam duas histórias para o público: uma evidente e uma escondida.

5-passos-logo-3

Passo 3 – Comunique os pontos de confiança da empresa

Bom, você já percebeu que um logo de sucesso nao surge do nada, né? E isso acontece principalmente porque cada empresa tem sua história e personalidade para transmitir aos consumidores. O que se traduz em técnicas e logos diferentes por todo lado. Cada empresa tem pontos de confiança que deseja transmitir e podem ser incluídos no logo. Por exemplo, uma companhia aérea pode querer parecer tecnológica, segura, com serviço eficiente. Mas um banco vai querer destacar inteligência, estabilidade, conectividade. E você? Qual é o seu foco, diferencial, ponto forte onde vai transmitir excelência? A sua resposta pode se transformar em um design (imagem) que traduza tudo isso ou pode ser usada para guiar a escolha de cores, que veremos no final (passo 5).

5-passos-logo-4

Passo 4 – Use o sistema correto

Existem basicamente 3 grandes famílias de logos: texto, símbolo (abstrato ou concreto) e texto com símbolo. Depois de 3 passos concluídos, você está cada vez mais perto de concluir seu logo com maestria. Mas como? Bom, depois de ter um nome e pontos de confiança definidos – além da frase guia – você pode começar a pesquisar por símbolos e imagens que traduzam essas infos. E o mais legal aqui é perceber que todo esse processo até o passo 3 é muito esclarecedor e ajuda a realmente entender o que a empresa significa e imagens e possibilidades começam a pipocar na sua cabeça. Mas não apresse essa fase. É demorado mesmo e você vai fazer e refazer muitas vezes.

5-passos-logo-5

Passo 5 – Cores

As cores são essenciais em qualquer representação visual porque elas têm o poder de despertar emoções e sentimentos nas pessoas. Justamente por isso, você precisa entender como elas funcionam e o que cada uma delas significa para então fazer o uso correto. Tente não usar mais de três cores em um logo, a não ser que seja extremamente necessário. Antes, tente versões em uma e duas cores para ter certeza. Dica: o significado das cores não é igual em todos os países, então é bom ficar ligado se a sua empresa não atuar somente no Brasil.

Resumindo o significado das cores (no Brasil):

  • Vermelho: paixão, fome, orgulho, violência, poder.
  • Laranja: energia, felicidade, vitalidade, atração, gentileza.
  • Amarelo: alegria, esperança, dinheiro, leveza, descontração, otimismo.
  • Verde: recomeço, abundância, natureza, renovação, crescimento e saúde.
  • Azul: calma, responsabilidade, sinceridade, confiança, tranquilidade.
  • Roxo: criatividade, nobreza, poder, magia, espiritualidade.
  • Preto: mistério, elegância, maldade, luto, luxo, poder.
  • Cinza: estabilidade, sucesso, qualidade, equilíbrio.
  • Branco: pureza, limpeza, virtude, verdade, paz.
  • Marrom: maturidade, consciência, responsabilidade, disciplina.

Esperamos que esses 5 passos ajudem você a orientar e acrescentar ainda mais qualidade e embasamento em seus projetos de branding. Lembre-se sempre de pesquisar muito, buscar referências e ser original. Boa sorte criatividade!

 

Fontes: Smashing Magazine | Tese de William L. Haig | Spaces

Artigo escrito por Luanna Hedler, parceira do 100% Design. [+]

Imagens por Bettiato Junior.

Comente pelo Facebook