Cores para Daltônicos

, Product Design

Cerca de 300 milhões de pessoas no mundo possuem algum tipo de daltonismo, uma deficiência visual em que o indivíduo não é capaz de reconhecer e diferenciar algumas cores específicas. O daltonismo pode ser classificado como um distúrbio genético ligado ao cromossomo X, onde ocorre um problema com os pigmentos de determinadas cores em células nervosas do olho, chamadas de cones, localizadas na retina. Mesmo que apenas um pigmento esteja faltando, uma pessoa pode apresentar problemas para reconhecer e identificar diversas cores, tonalidades ou brilho. Buscando um modo de trazer as cores de volta à vida e rotina dos daltônicos, duas empresas, a Valspar e a EnChroma, criaram óculos especiais que corrigem a percepção visual. É uma iniciativa revolucionária, que transforma a vida dessas pessoas. O custo já foi reduzido, mas ainda há uma espera para que a produção desses óculos se torne barata o suficiente para a comercialização em larga escala. Hoje, os óculos custam aproximadamente US$ 350.

—–
300 million people in the world have some kind of color blindness, a visual impairment in which the individual is unable to recognize and differentiate some specific colors. Color blindness can be classified as a genetic disorder linked to the X chromosome, where occurs a problem with the pigments of certain colors in nerve cells of the eye, called cones, located in the retina. Even if only a pigment is missing, a person may have trouble recognizing and identifying different colors, shades or brightness. Searching for a way to bring the colors back to life and routine of color blind people, two companies, Valspar and EnChroma, created special glasses that correct the visual perception. It’s a revolutionary initiative, capable of transforming the lives of these people. The cost has been reduced but there is still a wait for the production of these glasses become cheaper for large-scale commercialization. Today, the glasses cost about $ 350.

 

 

 

 

 

Veja o vídeo com legendas no YouTube aqui.

Fonte: Awebic

 

Comente pelo Facebook